TRRC- Rally de Condeixa



RALLY BOMBEIROS/INTERMARCHE CONDEIXA


Irá para a estrada amanhã a primeira edição do rally de Condeixa, prova integrada no TRRC, com organização conjunta do Bombeiros Voluntários de Condeixa e da Penela Race Events Club.
Amanhã terá lugar a super especial mesmo junto ao mercado municipal de Condeixa e no domingo as equipas irão percorrer os 7,6 kms do troço EGA/BELIDE por três vezes.

Estas e mais informações em http://www.sicoecotrrc.blogspot.pt/


LISTA INSCRITOS





NUNO DINIS

TRRC- Paulo Marques



PILOTO DO TRRC TEM ESCORT À VENDA


O piloto da Freixianda (concelho de Ourém), Paulo Marques, vencedor do Troféu Regional Ralis Centro 2012 na classe de tracção traseira, pôs recentemente o seu Ford Escort MKII à venda. Não conseguimos apurar se o piloto, que este ano é navegado pela Ana Santos, depois de no ano passado a bacquet direita ter sido ocupada pelo malogrado TOPÊ, pretende atingir outros vôos ao adquirir um carro 4x4 ou se outra hipótese estará em cima da mesa.

O anúncio da venda está online em http://www.competiauto.com/viewtopic.php?f=7&t=86539 .








NUNO DINIS
Photo: Nuno Dinis Photos

Armindo Neves Rally Sport


Resultado serve os interesses da equipa

A dupla da equipa AN Rally Sport, Armindo Neves e Bernardo Gusmão terminaram na 6ª posição da geral e 3ª da classe VII o Rali Cidade de Guimarães / Targa Clube, naquela que foi a segunda prova do Campeonato de Portugal de Ralis 2L/2RM (CPR2), e que marcou a estreia do Peugeot 207 RC R3T numa prova bem complicada devido às condições atmosféricas, mas não só.

Não foi um rali nada fácil, começando mesmo antes de ir para a estrada, já que na 5ª feira anterior à prova o nosso mecânico deu entrada de urgência no hospital, o que nos obrigou a alterar tudo o que tínhamos programado para encontrar uma solução de recurso, que neste caso passou pela ajuda dos mecânicos da equipa SFR Motorsport, a quem desde já agradecemos pela pronta disponibilidade em nos ajudar”, afirma Armindo Neves, dizendo que toda a equipa quer desejar as rápidas melhoras ao Tó, de modo a que possa estar connosco já na próxima prova ”.

Em termos desportivos a estreia do Peugeot 207 também não foi fácil, pois “as condições bastantes instáveis do tempo, fizeram com que tivéssemos estado constantemente em sobressalto, uma vez que saímos de manhã com pneus e set up para seco e apanhámos os troços sempre húmidos e em alguns casos bastante molhados devido à chuva que se fez sentir em períodos alternados do dia, levando mesmo a inúmeros acidentes, alguns deles bastante violentos, embora felizmente sem consequências para nenhum dos nossos colegas refere Armindo Neves.

O piloto da equipa AN Rally Sport, adianta ainda que com as condições encontradas nos troços a nossa principal preocupação passou a ser a de terminarmos o rali e amealhar alguns pontos para o resto do campeonato, embora nas duas últimas passagens pelo troço da Penha, já praticamente seco,  tenhamos andado a um ritmo mais aproximado daquilo que são as nossas aspirações, deixando-nos assim boas referências para o futuro”.

Em termos de objectivos desportivos, Bernardo Gusmão, salienta queo resultado acaba por servir os nossos interesses, pois ao 6º lugar absoluto do CPR2, juntámos também a 3ª posição na classe VII, oferecendo assim um pódio aos nossos parceiros na estreia do novo carro, o que desde logo nos deixa satisfeitos”.

A Equipa AN Rally Sport prossegue a agora o seu plano desportivo, estando já presente na próxima prova do CPR2, o Rali Vidreiro, que vai para a estrada dia 8 de junho.


SPONSOR’S E PARCEIROS TÉCNICOS

VALVOLINE – Óleos / Lubrificantes /Car Care
SKF – Rolamentos e muito mais…
LG Lopes & Gomes – Construções Metálicas
Intermarché Marinha Grande – Supermercado
Incopil / Flor das Hortas – Produtos Alimentares / Temperos
Glassdrive – Vidros para viaturas
Rallycar – Material desportivo e de Competição (A Coruña)
Hankook – Pneumáticos
Beta – Ferramentas
Telwin – Máquinas de Soldadura e Carregadores
Metabo – Ferramentas Electricas
Budget – Rent a Car
MCoutinho – Concessionário Peugeot
Phaarmpeças – Comércio de Peças para Automóveis
Osram – Lâmpadas
TR4Digital – Decoração e Publicidade
JSilva Lda – Material e Viaturas e Competição
Bricomarché Pombal – Bricolagem
Speeddesign – Design de Viaturas de Competição
PR Car – Veículos Novos e Usados
Garvetur – Alojamentos e Imobiliária
Manuel Mafra – Chapa e pintura automóvel
SFR Motorsport – Aluguer Viaturas de Competição / Assistência técnica




NUNO DINIS


ARC SPORT



UMA PROVA COM POUCO SABOR



GRANDE REGRESSO DE ADRUZILO LOPES


Esta foi uma etapa pouco positiva para as intenções da ARC Sport, que não conseguiu atingir totalmente os seus objectivos. Ficou o registo positivo da excelente prestação de Adruzilo Lopes, ao alcançar um fabuloso 2º lugar da classificação geral, vencendo também de forma inequívoca o Agrupamento de Produção. Parado há cerca de dois anos, Adruzilo Lopes brilhou nas especiais de Guimarães, acompanhado por Vasco Ferreira, ao volante do Subaru Impreza R4 da ARC Sport.

“Foi um excelente regresso e um bom resultado. A equipa executou um magnífico trabalho ao longo de uma prova que se mostrou bastante difícil, devido às condições atmosféricas adversas”, afirmou Adruzilo Lopes que planeia de reaparecer nas restantes provas de asfalto do Campeonato de Portugal de Ralis.


CONDIÇÕES ATMOSFÉRICAS TRAIRAM RICARDO MOURA


Ricardo Moura e António Costa abandonaram demasiado cedo. Os Bicampeões de Portugal de Ralis não tiveram a sorte do seu lado na estreia do Skoda Fabia S2000 em provas de asfalto. Depois de vencer a segunda especial de classificação, o terceiro troço da prova do Targa acabou por ditar o abandono.

Não tivemos uma estreia positiva com o Skoda S 2000 no asfalto, mas de qualquer forma, e apesar de todas as dificuldades, mostrámos a nossa rapidez. O rali de Guimarães foi uma prova complicada com condições atmosféricas muito inconstantes. Antes da PEC 3 ainda fiz algumas alterações na suspensão de modo a endurecer, no entanto à partida para a especial começou a chover com intensidade. Assim, fomos para o troço com um set up
de suspensão para seco, pneus de seco com uma mistura dura. Ou seja tudo ao contrario das condições de piso. Numa direita rápida feita em quinta velocidade, o carro descolou de traseira subitamente e bateu com a roda de trás esquerda num morro de terra partindo a suspensão e forçando ao abandono. Eram condições difíceis e deveríamos ter sido mais cautelosos, sobretudo pelo pouco conhecimento que temos do carro no asfalto. Fica no entanto a satisfação de termos tido a sorte do carro não ter muitos estragos”, desabafou Ricardo Moura.



JOAQUIM BERNARDES COM BONS INDICADORES


Joaquim Bernardes e Pinho de Almeida deixaram indicadores positivos entre as viaturas de duas rodas motrizes. De regresso aos pisos de asfalto, embora molhados, o piloto conseguiu alcançar bons tempos. Uma indisposição do navegador na parte final da prova impediu um melhor resultado.

“Acabou por ser uma experiência positiva, pelas condições climatéricas que encontrámos. Deixámos fugir o 3º lugar do CPR2 já na parte final do rali, devido a indisposição do meu navegador. Sinto que em pisos de asfalto poderei andar mais ao ritmo dos pilotos da frente”, disse Joaquim Bernardes.



DIOGO SALVI ABANDONA DEPOIS DE LIDERAR OPEN


Entre os concorrentes do Open de Ralis, Diogo Salvi e Paulo Babo acabaram por abandonar, depois de registarem excelentes tempos, passando inclusivamente pela liderança da prova.

Entrámos bem na primeira especial da prova, averbando o melhor tempo da geral, mesmo entre os concorrentes do CPR. Com o abandono do nosso principal adversário, pensámos em gerir o andamento, mas infelizmente o motor do carro não colaborou, acabando por partir”, lamentou Diogo Salvi que já só pensa na sua participação no Rali do Centro.



Esta acabou por não ser uma etapa positiva para a ARC Sport.

“Foi um rali muito complicado e marcado pelas condições atmosféricas adversas, que dificultaram as escolhas dos pilotos. A equipa ficou feliz pelo excelente regresso do Adruzilo Lopes, mas lamento sinceramente o azar do Ricardo Moura, que no entanto demonstrou bons andamentos. Palavras de apreço pela prestação do Joaquim Bernardes, lamentando igualmente o azar do Diogo Salvi. Há ralis assim…”, concluiu Augusto Ramiro.






 NUNO DINIS
Photos: Albano Loureiro

Paulo Neto Sport




Prova muito difícil

Paulo Neto / Vitor Hugo não foram felizes no Rali Cidade de Guimarães / Targa Clube, não conseguindo terminar a segunda prova do Campeonato de Portugal de Ralis 2L/2RM (CPR2).


As instáveis condições atmosféricas em que decorreu o Rali Cidade de Guimarães / Targa Clube levaram a que esta prova tivesse demasiadas ocorrências, com Paulo Neto / Vitor Hugo a terem uma saída de estrada que não lhes permitiu concluir este rali.

O rali até começou muito bem para nós. Começamos por lutar pelos lugares do pódio quando toda a concorrência estava em prova. Porém, a chuva que caiu, foi deixando os troços muito escorregadios, levando a que a escolha de pneus fosse uma autêntica lotaria”, refere Paulo Neto, explicando que “tínhamos uma afinação no carro que não nos permitia tirar, com os troços molhados, todo o proveito do mesmo. Pensávamos alterar o Set-up do carro assim que fossemos à assistência, o que infelizmente não foi possível”.

Numa altura em que esta a apenas a 10 segundos do pódio, “as possíveis alterações que pretendíamos fazer no Citroen DS3, por certo que nos dariam mais competitividade, porém no 4º troço do rali, numa zona rápida, o carro saiu de frente e acabamos fora de estrada. Não esperava por este desfecho mas nos ralis as saídas de estrada podem acontecer e infelizmente desta fez aconteceu connosco”, lamentava o piloto de Sintra.

A próxima prova do Paulo Neto Sport é o Rali Vidreiro, 3ª prova do Campeonato de Portugal de Ralis 2L/2RM, que se realiza no dia 8 de junho na zona de Leiria / Marinha Grande.



ALBANO DINIS

ARC SPORT- Diogo Salvi/Paulo Babo



ABANDONO DEPOIS DE LIDERAR


Entre os concorrentes do Open de Ralis, Diogo Salvi e Paulo Babo acabaram por abandonar, depois de registarem excelentes tempos, passando inclusivamente pela liderança da prova.

Entrámos bem na primeira especial da prova, averbando o melhor tempo da geral, mesmo entre os concorrentes do CPR. Com o abandono do nosso principal adversário, pensámos em gerir o andamento, mas infelizmente o motor do carro não colaborou, acabando por partir”, lamentou Diogo Salvi que já só pensa na sua participação no Rali do Centro.



ANTÓNIO DINIS

NDML- Rally Sprint do Espinhal




Desafiaram-nos e aqui está a oferta de mais uma prova aliciante numa zona emblemática do automobilismo.

Parte dum troço já utilizado em outras provas este nosso Rallye Sprint do Espinhal terá cerca de 4 km de extensão num traçado espantoso e muito competitivo à partida do Espinhal.
Marcado para o próximo dia 2 de Junho, as inscrições estão abertas a um preço aliciante principalmente se já for ou quiser ser sócio do Núcleo Desportos Motorizados de Leiria que, como é sabido, dá direito a usufruir de enumeras provas que organizamos com o aliciante adicional de ter à disposição o nosso Kartódromo Internacional de Leiria nos Milagres com condições excepcionais para a pratica de Karting mas também para "track days" automobilísticos.

Não se atrase, preencha a Ficha de Inscrição que, como o Regulamento se encontram em baixo para download, e envie-nos até ao dia 25 de Maio.

Para qualquer esclarecimento ou informação não hesite em nos contactar.
Siga-nos também no Facebook.

Iremos actualizando o nosso site em www.rallyeverdepino.com



Programa:

08:30h - Treinos
10:30h - 1ª-Subida de Prova
12:30h - 2ª Subida de Prova
15:00h - 3ª Subida de Prova


JOÃO BICA

ARC SPORT- Joaquim Bernardes/Pinho Almeida



BONS INDICADORES



Joaquim Bernardes e Pinho de Almeida deixaram indicadores positivos entre as viaturas de duas rodas motrizes. De regresso aos pisos de asfalto, embora molhados, o piloto conseguiu alcançar bons tempos. Uma indisposição do navegador na parte final da prova impediu um melhor resultado.

“Acabou por ser uma experiência positiva, pelas condições climatéricas que encontrámos. Deixámos fugir o 3º lugar do CPR2 já na parte final do rali, devido a indisposição do meu navegador. Sinto que em pisos de asfalto poderei andar mais ao ritmo dos pilotos da frente”, disse Joaquim Bernardes.



ANTONIO DINIS

Classic Cup 2013




O Rali Histórico Vila da Sertã, organizado pelo Clube de Automóveis Antigos de Castelo Branco, e integrado na Classic Cup 2013 - Troféu Nacional de Ralis de Regularidade- terá lugar já no próximo sábado, dia 25 de Maio.

A prova conta já com um registo de 60 equipas inscritas, entre as quais 6 espanholas.

Destaca-se ainda a presença das duplas que ocupam os primeiros lugares da classificação provisória da Classic Cup 2013, 1.º lugar com João Mexia Leitão e Nuno Machado (Porshe 911), 2.º lugar com João Vieira Borges e João Serôdio (BMW 635) e o 3.º lugar com Paulo Marques e Rui Alves (BMW 1600).

O Rali terá início, às 10:30, e final, às 18h25, na Casa da Cultura / Alameda da Carvalha, e é reservado à participação de automóveis clássicos e pré-clássicos fabricados até 31 de Dezembro de 1990.

Na estrada, automóveis vão passar por alguns locais emblemáticos da Vila da Sertã como Várzea dos Cavaleiros, Oleiros, Alvito da Beira, Sobrainho dos Gaios, Outeiro, Louriceira ou Cernache do Bonjardim.

A competição integra duas seções com uma distância total de 296,76 quilómetros.

A 1.ª secção, com 137,72 quilómetros, ligará a Sertã a Castelo Branco - Centro Comercial Alegro, local onde decorrerá uma neutralização entre as 13:30 e as 14:40, e contemplará a realização de 7 provas de regularidade, com muitos desafios de navegação e de estratégia.

A 2.ª secção, com 159,04 quilómetros, levará os carros de regresso à Vila da Sertã, tendo as equipas de cumprir mais 7 provas de regularidade, em diversas variantes.

Pelas 18:10 vai realizar-se na Urbanização Monteverde, em pleno coração da Vila da Sertã, uma prova especial de classificação, “Slalom Vila da Sertã”, onde se poderá assistir a um espetáculo de aceleração, maneabilidade e travagem, protagonizada pelos condutores.

A Comissão Organizadora diz contar com a colaboração de todos os condutores da prova, “para que esta termine com muito sucesso”.

O Rally Histórico da Vila da Sertã é um evento integrado no programa comemorativo dos 500 anos do Foral do Concelho e conta com o apoio da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK), e do município.




JOSE GIL NEVES

ARC Sport- Ricardo Moura/António Costa



CONDIÇÕES ATMOSFÉRICAS TRAIRAM CAMPEÃO NACIONAL


Ricardo Moura e António Costa abandonaram demasiado cedo. Os Bicampeões de Portugal de Ralis não tiveram a sorte do seu lado na estreia do Skoda Fabia S2000 em provas de asfalto. Depois de vencer a segunda especial de classificação, o terceiro troço da prova do Targa acabou por ditar o abandono.

Não tivemos uma estreia positiva com o Skoda S 2000 no asfalto, mas de qualquer forma, e apesar de todas as dificuldades, mostrámos a nossa rapidez. O rali de Guimarães foi uma prova complicada com condições atmosféricas muito inconstantes. Antes da PEC 3 ainda fiz algumas alterações na suspensão de modo a endurecer, no entanto à partida para a especial começou a chover com intensidade. Assim, fomos para o troço com um set up de suspensão para seco, pneus de seco com uma mistura dura. Ou seja tudo ao contrario das condições de piso. Numa direita rápida feita em quinta velocidade, o carro descolou de traseira subitamente e bateu com a roda de trás esquerda num morro de terra partindo a suspensão e forçando ao abandono. Eram condições difíceis e deveríamos ter sido mais cautelosos, sobretudo pelo pouco conhecimento que temos do carro no asfalto. Fica no entanto a satisfação de termos tido a sorte do carro não ter muitos estragos”, desabafou Ricardo Moura.


NUNO DINIS

VW Motorsport




Volkswagen Motorsport Newsletter 05/2013

ATS Formula 3 Cup
Kirchhöfer makes it win number four for the season

Leipzig’s Marvin Kirchhöfer has extended his overall lead in the ATS Formula 3 Cup. One day after finishing runner-up in race one, the talented youngster produced an accomplished performance to win ahead of Russia’s Artem Markelov at the legendary Nürburgring. This was Kirchhöfer’s fourth victory in eight races so far this season. Third place in the competition for young racing drivers, in which standard Volkswagen engines are used, went to pole sitter Emil Bernstorff. The Brit had earlier claimed his second win of the season on Saturday evening. The first race in the Formula 3 series at the Nürburgring was originally scheduled for Saturday morning. However, fog forced Friday’s qualifying to be suspended, with the session being repeated early on Saturday. As such, only two races took place at the Nürburgring, rather than the scheduled three. 



FIA Formula 3 European Championship
Tinknell claims podium for Volkswagen at Brands Hatch

Harry Tincknell presented Volkswagen with the desired podium at the end of the fourth race weekend of the FIA Formula 3 European Championship at Brands Hatch. Race winner Raffaele Marciello (Italy) was disqualified retrospectively, meaning the Brit from Team Carlin moved up into second place, having originally crossed the finish line third in the third race of the weekend. Tincknell, who finished fifth and seventh in races one and two, is now fifth overall with 107 points. After a trio of drivers powered by the 210-hp Volkswagen Formula 3 engine had made it into the top ten in the two previous races, a quartet finished in the points in the final race. German Sven Müller of the ma-con team finished fourth on two occasions at Brands hatch, while team-mate Andre Rudersdorf claimed his first European Championship point, courtesy of his tenth place.



X Games in Barcelona
Sainz appearance cancelled due to rain

The much anticipated outing by rally legend Carlo Sainz in the 600-hp Volkswagen Polo R at the X Games has had to be cancelled. After heavy rainfall over the last few days, the specially erected circuit in Barcelona’s Olympic stadium was so damp that, having been postponed on Sunday evening, the organisers had no choice but to cancel the rallycross race. Local favourite Sainz tried to console the fans who had flocked to the arena with a tweet on Twitter: “I am sorry for everyone. Thank you for coming.” The 51-year-old had prepared for his planned rallycross debut with test drives in a Volkswagen Polo. “El Matador” won the 2010 Rally Dakar for Volkswagen and is a national hero in Spain, due to his two World Rally Championship titles.

 

Volkswagen Castrol Cup Poland
Kupcikas and Korzeniowski win in Brno

Robertas Kupcikas from Lithuania and Poland’s Krystian Korzeniowski were the winners on the third race weekend of the Volkswagen Castrol Cup Poland. With the series making taking a trip abroad to Brno in the Czech Republic, Kupcikas won the opening race of the weekend to claim the first victory by a non-Polish driver this year. Foreign guests impressed again in race two: Korzeniowski was joined on the podium by Sweden’s Rasmus Marthen and Marcus Fluch. Pole Jan Kisiel finished third and fifth to defend his overall lead after three of seven race weekends. Probably the most remarkable performance of the weekend was that of Poland’s Mateusz Lisowski, who won the 2011 Volkswagen Scirocco R-Cup: he fought back from 23rd on the grid to finish the race in sixth place.



Next up:

25.05.–26.05.2013    British Formula 3 Championship, Silverstone (GB)
25.05.–26.05.2013    Volkswagen Scirocco R-Cup China, Shanghai (CN)
26.05.–26.05.2013    Volkswagen Racing Cup, Silverstone (GB)

ARC Sport- Adruzilo Lopes/Vasco Ferreira


EXCELENTE PRESTAÇÃO

Adruzilo Lopes regressou ao CPR e ficou logo o registo positivo da excelente prestação de Adruzilo Lopes, ao alcançar um fabuloso 2º lugar da classificação geral, vencendo também de forma inequívoca o Agrupamento de Produção. Parado há cerca de dois anos, Adruzilo Lopes brilhou nas especiais de Guimarães, acompanhado por Vasco Ferreira, ao volante do Subaru Impreza R4 da ARC Sport.

“Foi um excelente regresso e um bom resultado. A equipa executou um magnífico trabalho ao longo de uma prova que se mostrou bastante difícil, devido às condições atmosféricas adversas”, afirmou Adruzilo Lopes que planeia de reaparecer nas restantes provas de asfalto do Campeonato de Portugal de Ralis.



NUNO DINIS

Rally Cidade de Guimarães


VITÓRIA DE BERNARDO SOUSA AGARRADA POR UMA CINTA


O Rali Cidade de Guimarães / Targa Clube teve muita incerteza e alguma emoção, muito por culpa de uma tremenda incerteza atmosférica (com muita chuva e sol) que baralhou totalmente os pilotos nas escolhas de pneus.
Bernardo Sousa entrou disposto a calar alguns dos seus adversários e ao volante de um S2000 "atmosférico" venceu o troço inaugural, comandando nas primeiras especiais de classificação até ao braço de suspensão traseira do lado direito ceder. A reparação foi feita com uma cinta pressa ao chassis do Fiesta e assim andou até final da prova. Tal facto motivou um toque de traseira na 4ª especial de classificação e a perda de algumas posições que o piloto foi recuperando troço a troço até obter uma excelente e merecida vitória final, brindada ainda com a vitória na Power Stage.
Adruzilo Lopes foi o único piloto, para além de Sousa, que conseguiu passar pela liderança, aproveitando e bem, com a sua experiência e andamento, os muitos deslizes dos seus adversários. Sem carro para suster o ataque de Bernardo Sousa, Adruzilo Lopes compreendeu no início da parte da tarde (apesar de uma penalização de 20 segundos) que era melhor um segundo lugar que arriscar algo mais. Sem dúvida uma grande exibição do ex-campeão nacional.
Fabuloso é o 3º lugar e vitória no CPR2 de João Barros. O piloto do Clio S1600 fez uma prova notável, mesmo começando com uma penalização de 30 segundos antes do primeiro troço quando o corta-corrente decidiu não colaborar. O ponto alto desta tremenda exibição aconteceu provavelmente no mais difícil troço do rali, por causa da chuva (a 4ª especial), quando Barros venceu o troço à geral.
Não menos brilhante é o resultado de Diogo Gago, que em Guimarães terminou com a malapata de desistências, mesmo depois de um rali em que teve dificuldades com a muita chuva que caiu.
Esperava-se um pouco mais de Miguel Barbosa, mas atendendo a que veio para Guimarães sem testes no asfalto e sem conhecer os pneus, acabou por fazer uma boa prova, mas em que lutou muito "contra" os pneus para se manter na estrada.
Ivo Nogueira era o espelho da desilusão no final do rali. Sem diferencial traseiro durante quase todo o rali, o Subaru foi um normal tração dianteira. O motor também perdeu muita força, levando o piloto a arrastar-se para obter o 6º lugar final.
Referência para Ricardo Marques e Joaquim Bernardes que lutaram abertamente entre si até ao derradeiro troço, ambos queixando-se muito das condições do asfalto. O piloto do Citroen levou a melhor no derradeiro troço, mas Bernardes também fez esse troço sem notas devido a uma forte indisposição do seu navegador.
Carlos Oliveira não poderia ter escolhido pior momento para estrear o Porsche, devido como é óbvio à chuva. O piloto não arriscou nada nem tirou proveito da muita potência do carro, num carro que exige muita habituação, pelo que o resultado final foi o 9º lugar.
Notas finais para Ricardo Moura que ainda venceu a segunda especial, dando a sensação de que poderia vir a acompanhar Bernardo Sousa, mas viria a desistir no terceiro troço, quando deu um toque de traseira com o Skoda (devido á chuva) que quase arrancou uma roda, deixando o piloto fora de prova.
Também Pedro Meireles acabou esta prova fora de estrada ao início da tarde, depois de uma manhã em que uma demorada troca de pneus, o fez penalizar 50 segundos.
Igualmente por despistes (algo violentos), desistiram José Pedro Fontes e Paulo Neto.
LÍDERES DO RALI:
Bernardo Sousa (Pec 1 a 3); Adruzilo Lopes (Pec 4 e 5); Bernardo Sousa (Pec 6 a 10)
VENCEDORES DE TROÇOS:
Bernardo Sousa (5); Ricardo Moura (1); João Barros (1); Pedro Meireles (1); Adruzilo Lopes (2)

PILOTO DOR RALI
Bernardo Sousa

MOMENTO DO RALI
Recuperação de Sousa após ter partida braço de suspensão

MENOS DO RALI
Ambiente no CPR

CLASSIFICAÇÃO FINAL



PAULO HOMEM
www.ralisonline.net

Rally Cidade Guimarães

MAPA



INSCRITOS



ACESSOS

Indicações recomendadas – Acesso dos espectadores às ZONAS PÚBLICAS
1/3/5 PE Rota das Cutelarias (10h15 / 11h55 / 12h55)
ZP 1 – a 150 metros do km 9,4 EN 310 (indicação Souto 2). A partir da EN 310 (Caldas das Taipas > Póvoa de Lanhoso) no km 9,4 encontra a ZP 9 que dista 150 da referida estrada. Estacionamento de viaturas apenas permitido na estrada de acesso à ZP 8 (sentido Citânia > Braga).
ZP 2 – (GPS N 41 302 68 - W O8 183 38)
Na EN 101 (Guimarães > Braga) seguir indicação de M 583 Prazins percorrendo 1,8 km deverá seguir em frente sobre esquerda encontrando a ZP após 3 kms.
ZP 3 – (GPS N 41 286 74 – W O8 174 66)
A partir da EN 207-4 (Guimarães > S. Torcato) após cruzar o rio Selho seguir pela esquerda para a EN 309 (Braga > Taipas > Penselo > Selho S. Lourenço), percorrendo 1,1 km na rotunda deverá ir em frente para Souto e Prazins, após mais 800 metros encontra a ZP.
4/6 PE Citânia de Briteiros - (10h55 / 12h15)
ZP 4 - (N 41 316 75 - W O8 204 41)
A partir da EN 310 (Caldas das Taipas > Póvoa de Lanhoso) na rotunda de acesso ao Avepark seguir indicação de Citânia de Briteiros, percorrendo 500 m seguir pela esquerda a indicação de Revenda. Após 1 km, no STOP, seguir em frente pela direita. Após 1,6 km seguir pela esquerda indicações de Sameiro > Briteiros Stª Leocádia. Caso pretenda a ZP 8 percorrer em frente mais 800 m, encontrando a ZP 7 após andar mais 3 km.
ZP 5 - (GPS N 41 313 77 – W O8 195 33)
A partir da EN 310 (Caldas das Taipas > Póvoa de Lanhoso) no km 9,2 seguir indicação de Museu da Cultura Castreja > Citânia de Briteiros > Braga > Bom Jesus, percorrendo 1,4 km encontra a ZP.
6/8/10 PE Serra da Penha (15h00 / 16h30 / 18h05)
ZP 6 – (GPS N 41 24 187 – W O8 145 76)
A partir da EN 101 (Guimarães > Felgueiras) ao km 121,9 seguir indicação de Penha - Lapinha, após percorrer 1,8 km encontra-se a ZP .
ZP 7 – (GPS N 41 248 31 – W O8 151 25)
Em Guimarães, na rotunda junto ao Hotel de Guimarães, seguir a indicação de Urgezes, após 900 m seguir pela esquerda indicações de Centro de Saúde > Urgezes > Penha > Pinheiro > Abação > N 101-2 Penha e após percorrer 4,6 km seguir à esquerda para Lapinha, percorrer mais 1,8 km e chega à ZP.
ZP 8 - (GPS N 41 263 27 - W O8 157 92)
A partir da EN 101 (Guimarães > Fafe) ao km 116,4 seguir placas indicativas Penha Estância Turística – Hotel – Mit Penha para a EN 101-2 encontrando a ZP após percorrer cerca de 1,8 km.
ZP 9 – Santuário da Penha. O percurso será nas artérias com um gancho espetacular que poderá aceder utilizando o Teleférico de Guimarães. Para isso deixe o seu veiculo na base do Teleférico, situado no Parque das Hortas e apanhe este meio de locomoção que terá preços especiais..
7/9 PE Parque da Cidade – Monchique (15h45 / 17h15)
EN 101 (Guimarães > Fafe) na zona urbana encontrará vários acessos e num desses locais poderá seguir a indicação de Escola Santos Simões. O melhor local para ver a especial é utilizando a EN 101 – 4 (Penha via Mosteiro da Costa), onde existem vários parques de estacionamento.



Diogo Gago



Terminar de vez com os azares

Nas três provas até agora disputadas no Campeonato de Portugal de Ralis, a dupla Campeã de 2RM no Open e do Desafio Modelstand não tem sido particularmente feliz, com vários azares a aparecerem quando a dupla lidera entre as viaturas de duas rodas motrizes.
Como tal, no regresso do Campeonato de Portugal de Ralis a Guimarães, Diogo Gago e Jorge Carvalho esperaram ultrapassar esse momento com um resultado positivo.
"Para o Rally Cidade de Guimarães, o objectivo é mesmo o de terminar de vez com esta saga de azares que nos tem batido á porta e que nos tem impedido de somar bons resultados", começou por dizer Diogo Gago.
O jovem piloto que conta com os apoios de Berci, Axa Seguros, QF-lda, Pirelli, Britefil, Pedro Pinto Automóveis, Ray Just Energy Drink e Chaveca & Janeira diz que vai para a firme intenção de "conquistar um resultado que nos volte a animar. Vai ser um rali novo para a maior parte dos pilotos e isso pode ser um ponto a nosso favor, pelo que vamos trabalhar de forma a poder aproveitar da melhor forma esse facto".
Ainda no lançamento da prova, Diogo Gago refere que quer "dar um bom resultado aos nossos patrocinadores, que apesar dos azares que temos sofrido, tem estado connosco de forma inequívoca".
Neste seu regresso aos ralis em Portugal, Diogo Gago vai voltar a estar aos comandos do Citroen C2 R2 Max, que conta com a preparação e assistência da Monteiros Competições.


PAULO HOMEM
www.ralisonline.net

Photo:Nuno Dinis Photos

Breves Rally Cidade Guimarães


GONÇALO DIAS

Depois de uma época a disputar o Troféu Fastbravo, o jovem piloto Gonçalo Dias irá dar mais um passo na sua curta carreira, tendo presença assegurada no Rali Cidade de Guimarães nos dias 17 e 18 de Maio, aos comandos de um Peugeot 206 GTI.
Para o piloto está é a evolução normal, e quanto aos seus objetivos para o Rali Cidade de Guimarães, o jovem Bracarense, diz que : "vai ser a minha primeira prova de Peugeot 206 Gti e como tal não espero facilidades. Vou fazer o meu melhor e espero com o desenrolar da prova tornar-me mais competitivo".
Sobre o Peugeot 206 GTi, Gonçalo Dias contou que já teve a possibilidade de fazer um pequeno teste para tirar algumas ideias, "já que foi a primeira vez que andei com um carro verdadeiramente competitivo. É tudo novo e vou ter que perceber o carro em ritmo de prova".
O Rali Cidade de Guimarães vai para estrada no sábado, com os concorrentes a disputar no total seis provas especiais de classificação.

AMAzing Team
Inicia-se no próximo fim-de-semana a época de asfalto do Campeonato Portugal de Ralis no Rali do Targa Cidade de Guimarães, num rali totalmente novo no panorama dos ralis, e de onde se aguarda um rali muito intenso e fantástico, não fossem as especiais muito próximas do público e com um percurso magnífico.
Depois dos teste no rali de Santo Tirso, a dupla da equipa AMAzing Team, Marco Reis e Rui Raimundo, apresentar-se-á neste rali na máxima força tentando amealhar o máximo de pontos possíveis.
Para o piloto, Marco Reis, "este é um rali bonito pela zona onde se realiza, e sendo Guimarães a Cidade Europeia do Desporto em 2013, todos os fatores de sucesso estão reunidos, esperando-se uma boa luta entre os concorrentes do CPR, o que fará as delícias do público. A nossa missão passa novamente por divulgar o projeto da AMA – Associação Amigos do Autismo, esperando contudo, conseguir um bom resultado final".
Já para Rui Raimundo, "este rali é totalmente novo para todos. Realça a especial da Serra da Penha, que na minha opinião, reúne tudo o que é necessário para ser uma especial para mais tarde recordar, fruto de ter zonas muito rápidas, com curvas lentas à mistura, mau piso a alternar com estradas excelentes, mas acima de tudo a passagem pela penha e pelo traçado da rampa, tornam a especial bastante interessante. Todo o resto do rali é excelente. Esperamos que tudo corra como previsto, e que no final, os nossos patrocinadores se orgulhem de mais uma etapa bem conseguida."

NUNO POMBO

É já amanhã que a dupla Nuno Pombo / Guilherme Pereira estreia o Renault Clio R3 no Campeonato de Portugal de Ralis, depois de dois ralis teste no Campeonato Open. A Capital Europeia do Desporto acolhe o Rali Cidade de Guimarães, uma prova onde é esperada grande adesão de público.
Nuno Pombo procura um resultado positivo no Campeonato de Portugal de Ralis 2L/2RM, "numa prova que preparámos com afinco ao longo de várias semanas, com participações no Rali de Castelo Branco e de Alfena. Foi um trabalho de toda a equipa, que me permite encarar Guimarães com mais confiança. Depois do primeiro troço vamos perceber onde nos situamos entre os nossos adversários, mas espero materializar todo este esforço e trabalho num bom resultado", refere o piloto.
Também confiante, Guilherme Pereira espera boas condições climatéricas para o fim-de-semana: "seriam condições que nos deixariam mais à vontade, embora o Rali de Castelo Branco tenha sido uma boa preparação para a chuva e pisos escorregadios, que podem voltar a marcar presença no Sábado."



PEDRO LEONE


È já este sábado, dia 18 Maio que a cidade de Guimarães vai ser palco da segunda prova do Campeonato de Portugal de Ralis, onde Pedro Leone e Bruno Ramos da Racing Team by Expofor vão marcar presença ao volante do emblemático Ford Escort RS Cosworth.
A participação no Rali Cidade de Guimarães é a segunda prova da época 2013 para a dupla Pedro Leone e Bruno Ramos, mas vivida quase como que uma estreia, uma vez que poucos foram os quilómetros que conseguiram fazer no Rali de Fafe.
A dupla da Racing Team by Expofor vai alinhar nesta prova a pontuar para o Campeonato do Open de Ralis, sendo que a curiosidade sobre os troços é grande pois é a primeira vez que vão fazer este Rali.
Pedro Leone e Bruno Ramos tem como principal objectivo terminar a prova e conquistar o maior número de pontos para o campeonato. Para Pedro Leone "Os reconhecimentos dos troços vão ser muito importantes pois na verdade esta prova é uma estreia em absoluto para nós. O que pretendemos é fazer uma prova em que tenhamos um bom ritmo e competitivo, chegando ao final da mesma e conquistando uma boa pontuação. No Rali de Fafe tivemos imenso azar ao bater numa pedro que nos impediu de continuar, por isso estamos com muita vontade de fazer esta prova".
Já Bruno Ramos reforça a ideia afirmando " depois do azar tido no inicio da época, vamos para esta prova com o desejo de estar entre os mais rápidos da nossa classe e acima de tudo chegarmos ao fim da mesma, o que será muito importante para nos continuar a dar confiança e optimismo para esta época."



PAULO HOMEM
www.ralisonline.net


Pedro Silva



Realizar um sonho



Pedro Silva e João Aguiar irão estar presentes na 1ª edição do Rallye Cidade de Guimarães/Targa Clube, prova em pisos de asfalto pontuável para o Campeonato de Portugal de Ralis, Campeonato Open de Ralis, Campeonato Regional Ralis Norte e ainda para o Troféu Rallycar.

Para o piloto vimaranense esta participação será um concretizar de um sonho, já que a prova irá se desenrolar na sua cidade, o que desde logo terá um significado especial, sobretudo por contar com muitos vimaranenses na estrada para o apoiar.

Em termos desportivos, a dupla do Citroën Saxo centra as suas atenções no Troféu Rally Car Basic, onde na prova anterior garantiram um excelente 3º lugar final.
Como nos salienta o piloto “Vamos andar o mais rápido possível e tentar obter a vitória no Troféu Rallycar Basic, agradecendo desse modo todo o apoio que terei neste rali, em que vou ter muitos amigos na estrada a puxar por mim”.
O Vimaranense acrescenta ainda que “estamos a preparar o carro com o máximo de cuidados, para que esteja tudo perfeito e não dê nenhum problema que possa comprometer o nosso andamento na prova, tal como infelizmente aconteceu no último rali, em Alfena”.

A principal novidade na prova será a nova decoração no Citroën para esta época “que acreditamos que se irá revelar bastante apelativa, ajudando desse modo a divulgar ainda melhor os nossos patrocinadores”, concluiu Pedro Silva

Pedro Silva e João Aguiar estarão inseridos no Campeonato Open de Ralis, pelo que irão disputar na 1ª secção a ultima passagem pelos troços de Citania de Briteiros e Rota das Cutelarias.

 De tarde as equipas do Open de Ralis fazem uma dupla passagem pelos troços da Serra da Penha e Parque da Cidade Monchique, antes do pódio final no Pavilhão Multiusos. 


NUNO DINIS

Curiosidade

 LOEB E OGIER EM LUTA NO GP MÓNACO


Sebastien Ogier e Sebastien Loeb voltam a encontrar-se, desta vez fora dos troços cronometrado do WRC. Os dois rivais vão participar na prova da Porsche Supercup integrada no programa do GP do Mónaco (26 de Maio).

O piloto da Citroen garantiu o 11º lugar na corrida que integrou o GP de Espanha e em Monte Carlo vai encontrar o piloto da VW, que vai utilizar um Porsche do Project 1 team.

“Será uma excelente experiência estar no Mónaco sem ser para o rali”, admitiu Sebastien Ogier. “Guiei o Porsche pela primeira vez na semana passada, durante um teste que realizámos em Hockenheim e tive algumas dica de Sean Edwards, do campeonato em 2012”.

O francês admitiu que vai ter Sebastien Loeb “debaixo de olho”, porque “a vontade de fazer melhor que ele está sempre presente”, embora admita que o piloto da Citroen “tem muito mais experiência neste tipo de pistas”.

Até este momento Sebastien Loeb derrotou Sebastien Ogier nos ralis de Monte Carlo e da Argentina e perdeu para o piloto da VW na Suécia. Resta saber o que vai acontecer nas ruas do Mónaco.



Fonte: Correio da Manhã

NUNO DINIS